quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Ideias do «arco-da-velha»

Segundo li  num jornal, José Sócrates vai reunir-se hoje com as Centrais Sindicais para resolverem a tal afinação... das medidas previstas no Código do trabalho.
Como refere o mesmo jornal, a proposta que o Primeiro Ministro irá apresentar aos Sindicatos terá como objectivo «ligar o salário  à qualidade do trabalho». Os pormenores dessa proposta não são revelados, mas de qualquer maneira, parece-me ser uma ideia do «arco-da-velha», na medida em que não consigo entender como é que  na prática se iria aplicar com justiça, essa medida .
De qualquer forma, será oportuno perguntar se o Governo pretende aplicar esta "nova ideia" a toda a gente ou é só para  alguns? Já agora e a talho de foice; seria bom que o Governo dissesse  o que pensa fazer- nessa relação «salário qualidade do trabalho» - aos salários dos senhores gestores: Fernando Pinto da TAP; Guilherme Costa da RTP; Pedro Serra da Águas de Portugal; António Fonseca da Metro do Porto; Cardoso dos Reis da CP; Luís Pardal da Refer; Joaquim Reis da Metro Lisboa; José M. Rodrigues da Carris entre outros, que, enquanto responsáveis pela gestão nas empresas referidas, apresentam milhões e mais milhões de Euros de prejuizo, recebendo milhões e mais milhões de Euros de vencimento? Palpita-me que tal como no esforço ( dito para todos ), para resolver a crise, também nesta matéria serão na vontade do governo, os mesmos e sempre os mesmos a carregar o piano... e, meia dúzia deles a assistir de camarote. 




1 comentário:

  1. SE avança para esse caminho. Sócrates fica sem salário...

    Um abraço.

    ResponderEliminar