domingo, 27 de fevereiro de 2011

Hoje pode ser dia de cinema (31)

O Discurso do Rei, um dos candidato a vencer  o óscar para o melhor filme.




Sinopse

Após a morte de seu pai, o Rei George V, e da escandalosa abdicação do Rei Eduardo VIII, Bertie, que toda a sua vida sofreu de um debilitante problema de fala, é coroado Rei George VI de Inglaterra. Com o país à beira de uma guerra e a necessitar desesperadamente de um líder, a sua mulher, Elizabeth, futura Rainha-mãe, encaminha o marido para um excêntrico terapeuta da fala, Lionel Logue. Depois de um começo difícil, os dois homens iniciam uma terapia pouco ortodoxa e acabam por formar um vínculo inquebrável. Com a ajuda da sua família, do seu governo e de Winston Churchill, o Rei vai superar a gaguez e tornar-se numa inspiração para o povo. «sapocinema»

Bom domingo e bons filmes.

sábado, 26 de fevereiro de 2011

Sendo sábado, temos música (74)





si la vida te da más de cinco razones para seguir
si la vida te da más de 5 rincones para dormir
si la vida te da más de 5 millones para morir

se fuerza la máquina de noche y de día
se fuerza la máquina de noche y de día
si la vida te da más de 5 cabrones para aguantar
si la vida te da más de 5 lecciones para no seguir

se fuerza la máquina de noche y de día
se fuerza la máquina de noche y de día

me llaman calle, calle baldosa, la revoltosa, bala perdida
me llaman calle, calle de noche calle de día
no me rebajo ni por la vida
me llaman calle
la sin futuro, la sin salida
me llaman calle, calle más calle
la de las mujeres de la vida

si la vida te da más de cinco minutos para gozar
si la vida te da más de cinco minutos para olvidar
se fuerza la máquina de noche y de día

se fuerza la máquina de noche y de día
se fuerza la máquina de noche y de día

si la vida te da más de 5 razones para seguir
si la vida te da más de 5 rincones para dormir
se fuerza la máquina de noche y de día
se fuerza la máquina de noche y de día
se fuerza la máquina, se fuerza la máquina

Bom sábado, boas notícias e boa música.

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Os chefes, os vencimentos e as trapalhadas do costume

Os inspectores das Finanças constaram que a tabela remuneratória em vigor no IMTT para os cargos de dirigentes definia vencimentos muito superiores aos praticados para cargos idênticos na função pública e, mais grave, nem sequer tinha sido legalmente aprovada. Este regime remuneratório começou a ser aplicado quando o IMTT foi criado, em 2007, e exigia para a sua aprovação um despacho conjunto dos ministérios das Finanças e das Obras Públicas. No entanto, o então presidente do IMTT Crisóstomo Teixeira - socialista, nomeado por Mário Lino - não obteve esse documento. E durante todos estes anos os salários foram pagos indevidamente. «DN»

Desta vez as irregularidades foram detectadas nos vencimentos dos chefes do Instituto de Mobilidade e Transportes Terrestres que, segundo  foi apurado numa Auditoria da Inspecção de Finanças estavam a receber dinheiro a mais desde 2007.

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Luta no Secundário

Várias associações de estudantes de escolas secundárias de diversos pontos do país realizam hoje acções de protesto contra o desinvestimento no sector, a falta de pessoal auxiliar e a efectiva aplicação da educação sexual. «Público»
Ao contrário do habitual, hoje, não haverá concentração de estudantes junto ao Ministério da Educação. Serão feitas manifestações de alunos junto das respectivas escolas por todo o país, em horários diferentes. 

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Lançar o barro à parede

Em entrevista à Rádio Renascença, no programa "terça à noite", a Ministra da saúde Ana Jorge não rejeita a hipótese de um imposto para a saúde, embora admita que para  isso teria que se fazer uma revisão da Constituição.
Com esta intervenção revelando o seu pensamento sobre esta matéria num  assunto tão importante para os portugueses, Ana Jorge estará a "lançar o barro" à parede para ver até onde o mesmo cola e, preparar assim mais um "assalto" ao SNS?

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

O "derby" (2) ...

...acabou e o Benfica ganhou 2-0.
Amanhã é um novo dia e o preço do pão ameaça subir.

O "derby"




A 20ª jornada da Liga Zon Sagres encerra hoje em Alvalade com o jogo entre Sporting e Benfica.

Numa altura em que o Sporting se encontra na terceira posição a 12 pontos do segundo que é precisamente o Benfica, e apenas a um ponto do quarto classificado que é o V. de Guimarães espera-se que a turma de Alvalade dignifique a sua camisola, fazendo um bom jogo e, se for possível ganhar esta noite para consolidar a terceira posição será bom, visto este ano estar a demonstrar não ter capacidade para ir mais longe.

domingo, 20 de fevereiro de 2011

"O tango do antigamente"




Um bom domingo para todos.

Assim vai o quero, posso e mando...

...neste País das impunidades onde meia dúzia de "xicos-espertos" se julgam donos e senhores de tudo.
O caso ocorrido num centro de saúde de Lisboa na semana passada com o Sr. Armando Vara, é o exemplo disso mesmo: chega-se a um sítio qualquer ( onde o atendimento é organizado por ordem de chegada), e sem o menor respeito pelas pessoas que já lá estão passa-se à frente de toda a gente porque certamente se consideram acima de tudo e de todos. Uma vergonha!.. Para quem a tem, naturalmente.

sábado, 19 de fevereiro de 2011

Moção de Censura

Nota do Gabinete de Imprensa do PCP

Sendo sábado, temos música. (73)

A proposta para hoje é dar uma volta por Lisboa sem sair de casa, ouvindo o Carlos do Carmo num dos seus grandes temas que se chama Canoas do Tejo.




Composição: Frederico de Brito


Canoa de vela erguida,
Que vens do Cais da Ribeira,
Gaivota, que andas perdida,
Sem encontrar companheira

O vento sopra nas fragas,
O Sol parece um morango,
E o Tejo baila com as vagas
A ensaiar um fandango

[refrão:]
Canoa,
Conheces bem
Quando há norte pela proa,
Quantas docas tem Lisboa,
E as muralhas que ela tem

Canoa,
Por onde vais?
Se algum barco te abalroa,
Nunca mais voltas ao cais,
Nunca, nunca, nunca mais

Canoa de vela panda,
Que vens da boca da barra,
E trazes na aragem branda
Gemidos de uma guitarra

Teu arrais prendeu a vela,
E se adormeceu, deixa-lo
Agora muita cautela,
Não vá o mar acordá-lo

Bom sábado, boas notícias e boa música.

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Parlamento Europeu

Reproduzo a intervenção de Ilda Figueiredo  no Parlamento Europeu, publicada no Jornal Avante

Estratégia 2020
É lamentável que os problemas sociais continuem a ser o parente pobre das políticas comunitárias, que sejam sistematicamente desvalorizadas as consequências sociais das políticas orçamentais, financeiras e da concorrência, que insistam na cartilha neoliberal, indiferentes aos quase 25 milhões de desempregados, aos cerca de 30 milhões de trabalhadores precários e mal pagos, aos mais de 85 milhões de pessoas em situação de pobreza, enquanto os lucros dos grupos económicos e financeiros não cessam de aumentar.
Por isso, aqui transmito o grito de indignação que organizações sociais diversas deixaram no "Ágora dos Cidadãos" que o Parlamento Europeu organizou recentemente em Bruxelas.
Aqui fica a indignação dos milhões de trabalhadores, desempregados, mulheres e jovens que continuam a lutar por essa Europa fora contra tais políticas.
É tempo de uma ruptura com o Pacto de Estabilidade, o Pacto da Competitividade ou outros do género. É tempo de dar prioridade às pessoas, ao emprego com direitos e de respeitar a dignidade de quem trabalha.

Nota: Esta intervenção de Ilda Figueiredo, não foi publicada no jornal Avante como erradamente se diz acima, mas no site do PCP. Pelo engano peço desculpa. 

O esquema

Fundos de pelo menos 350 milhões de dólares (258 milhões de euros), domiciliados na sucursal do Santander Totta no Luxemburgo, circularam nos últimos anos pelas praças financeiras do grão-ducado, de Londres e das ilhas Caimão, permitindo à casa-mãe aumentar os custos e assim reduzir a matéria colectável.
Um trabalho de Cristina Ferreira, hoje no jornal Público. Ler mais aqui.

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Mais um capítulo

Ainda se lembram dos blindados encomendados para a PSP utilizar na segurança da Cimeira  da Nato realizada em Lisboa no mês de Novembro de 2010?
Como sabem, a Cimeira decorreu na data prevista e os referidos blindados - que eram referidos na data da encomenda como uma necessidade premente - nunca chegaram. Ou melhor, chegaram dois dos seis encomendados, já a cimeira tinha acabado e os participantes ido embora, sem que alguem tivesse reparado que afinal a segurança do evento tinha ficado fragelizada com a  falta dos ditos.
Agora, a esta distância, e depois do processo  judicial envolvendo o fornecedor e o ministério da Administração Interna, parece que finalmente se arranjou uma solução para desfazer parte de uma compra que se verificou  no tempo, não ter feito falta nenhuma para o fim a que se destinava. 
Mais informação aqui.

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

A abstenção previsível

Troncos da mesma raiz

Sou daqueles que continuam a pensar que o PS, o Governo e o seu grupo Parlamentar, são os que - na actual situação  -  melhores garantias dão à direita para promover e implementar as suas políticas.
Por isso, quer Sócrates queira ou não, terá que continuar por mais algum tempo a desempenhar esse papel que ele também sabe desempenhar... e que a direita portuguesa tanto aprecia e gosta.

O Jornal Avante


O jornal que faz hoje 80 anos, sempre na defesa dos que não têm voz.

O alerta

...
Oitenta por cento da população mundial carece de mecanismos de protecção social, como pensões, alertou na segunda-feira a Organização Internacional do Trabalho. «JN»

Depois de quase 52 anos, Neil Armstrong ter chegado à Lua,  ainda estamos neste patamar de organização social.
É UMA SITUAÇÃO QUE A TODOS DEVE ENVERGONHAR!..

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Mau tempo


...
O Instituto de Meteorologia prevê ainda para hoje aguaceiros, em especial nas regiões do norte e centro, queda de neve, vento com rajadas até 70 quilómetros por hora no litoral e rajadas até aos 90 quilómetros por hora nas terras altas. «LUSA/SOL»

Pronto o aviso fica feito, se não for necessário sair à rua, aproveite para fazer aquilo que está na sua lista, mas que ainda não teve oportunidade de ser feito.

domingo, 13 de fevereiro de 2011

Um resto de bom domingo para todos



Aproveitemos este resto de domingo solarengo que neste momento se faz na zona de Lisboa, para passear e se possível dançar o Samba.
Amanhã, teremos que ter força para enfrentar,  mais uma semana de dificuldades.

Hoje pode ser dia de cinema (30)

Cisne Negro
Black Swan (II)






Sinopse
Nina é a bailarina principal do New York City Ballet e vê-se enredada numa teia de intriga competitiva com uma bailarina acabada de chegar à Companhia. Uma viagem excitante e por vezes aterradora através da psique de uma jovem bailarina cujo papel de Rainha dos Cisnes resulta num desempenho para o qual ela se torna assustadoramente perfeita.
«sapocinema»


Bom domingo, boas notícias e bons filmes.

sábado, 12 de fevereiro de 2011

Sendo sábado, temos música (72)

Hoje lembrei-me de Lisboa, da Feira da Ladra e do grande poeta Ary dos Santos.




Nova Feira Da Ladra

Ary dos Santos




É na Feira da Ladra que eu relembro
uma toalha velha, toda em linho,
que já serviu uma noite de Dezembro,
e agora cheira a Setembro,
como o Outono sabe a vinho.
Não valem muito mais que dois pintores
os quadros das paisagens
que eu já sei,
mas valem, pelos frutos, pelas flores
que em São Vicente das Dores,
fora de mim, eu pintei.

O que é que eu vou roubar à Feira?
Um beijo de mulher trigueira.
Aqui um coração, ali uma gravura.
É a Feira da Ladra ternura.
O que é que eu vou trazer da Feira?
Um corpo de mulher braseira.
Aqui está um lençol, bordado como dantes.
Esta Feira da Ladra é dos amantes.

E na Feira da Ladra nos vingamos
dum pouco desse tempo que morreu.
Em cada botão velho que compramos
há sempre uma corja de amos
que em Abril, Abril venceu.
Agora não compramos velharias,
tudo passado é lastro do futuro.
Nascemos para o sol todos os dias,
na nossa Feira da Ladra
já não há ladrões no escuro.

O que é que eu vou roubar à Feira?
Um beijo de mulher trigueira.
Aqui um coração, ali uma gravura.
É a Feira da Ladra ternura.
O que é que eu vou trazer da Feira?
Um corpo de mulher braseira.
Aqui está um lençol, bordado como dantes.
Eis a Feira da Ladra dos amantes.

Bom sábado, boas notícias e boa música.

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Face Oculta


...
O Ministério da Justiça (MJ) responsabilizou ontem a TMN pela destruição de parte dos registos telefónicos pedidos no âmbito do processo Face Oculta, que a operadora estava obrigada por lei a guardar. «Público»
E assim ficou o Tribunal sem a possibilidade de confrontar Armando Vara, arguido neste processo, com a acusação de ter cometido três crimes por tráfico de influências, com os registo que a TMN já não tem.
Por muitas justificações que a operadora possa dar sobre as razões de tal atitude, parece-me, - no meu modesto entendimento - que  não ficou muito bem nesta "fotografia", quando a lei obriga todas as operadoras a guardar os registos durante um ano.

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Capas de jornais (11)



Quando as "verdades" doem no ouvido ou quando estas responsabilizam o patrão, a primeira coisa que se pensa  (cá no burgo...),  é mandar quem as proferiu para a rua.

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Mais medidas a favor dos mesmos.


«O Presidente da República devolveu hoje ao Governo, sem promulgação, o diploma que prevê a obrigatoriedade da prescrição de medicamentos mediante a indicação da sua denominação comum internacional (DCI), ou nome genérico, bem como a obrigatoriedade da prescrição electrónica», lê-se num comunicado divulgado no site da Presidência da República. «TSF»

Quando é que Portugal terá alguém no Governo e PR que defenda os mais pobres e os mais desfavorecidos??

Assessor do PS obrigado a devolver 41 mil euros

...
O enredo não é propriamente uma novidade. Um jovem de 26 anos, sem currículo nem formação superior, entra pela via política num cargo público bem pago - assessor da Câmara de Lisboa, com 3950 euros ilíquidos mensais. Conforme relatou o "Público", o jovem estava desempregado e solicitou ao IEFP o pagamento antecipado do subsídio a que tinha direito, como forma de lançar a sua empresa - de construção, pasme-se. O instituto aprovou a candidatura. O problema veio depois. No mês em que recebeu o "ok" do IEFP, Pedro Silva Gomes - o tal jovem, filho de um funcionário do PS - celebrou dois contratos de prestação de serviços - um de um mês e outro de 12 meses, em troco de 3950 euros mensais - com a CML, para dar "assessoria técnica e política" nos gabinetes de Graça Fonseca e de Apoio ao Agrupamento Político dos Vereadores do PS.

Então o senhor "Assessor" devolve o dinheiro e pronto ? Este tipo de comportamento não tem outras consequências?
Esta historia vem contada hoje no jornal I e pode ser lida aqui.


segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Capa de jornais


Os tristes números da desorganização social deste País.

A confiança no Governo

A confiança dos portugueses no seu Governo é a menor num conjunto de 24 países de todo o Mundo. Se há um ano 27% dos portugueses confiavam no seu Governo, agora apenas 9% responde positivamente. Esta é apenas uma das conclusões contidas no Barómetro de Confiança Edelman 2011, um estudo internacional que acaba de ser apresentado esta manhã, em Lisboa. 
Um trabalho de Pedro Araújo no JN, para ler aqui.

A luta dos trabalhadores

A afirmação é "falaciosa". Foi assim que Carvalho da Silva, secretário-geral  da CGTP-IN, se referi-o à afirmação feita por José Sócrates quando este  disse (no passado sábado),   que " não haverá  despedimentos na função pública".

Como disse Carvalho da Silva ao DN, "há 1001 maneiras de empurrar os funcionários públicos para o desemprego, sem os despedir" e disse ainda: "O que estamos a assistir na Administração Pública é a uma diminuição dos seus quadros pela passagem antecipada à reforma ou não preenchimento das vagas livres por eliminação dos vínculos precários", que resultam, segundo Carvalho da Silva, no facto de "muita gente com profissões altamente qualificadas, nomeadamente médicos, saírem para a reforma, por se sentirem maltratados".

Não poço estar mais de acordo com  a análise feita por Carvalho da Silva nestas matérias.

Não venha agora  José Sócrates, fazer aquele papel de  «de homem de esquerda», quando começam a soprar os ventos da luta dos trabalhadores no mais variados sectores da nossa economia,  contra as políticas postas em prática por este Governo, com o apoio sem pestanejar do PSD, e que uma vez implementadas, conduzirá  a vida dos trabalhadores e o nosso País para a miséria.

É contra isso que já neste mês de Fevereiro os trabalhadores Ferroviários, dos CTT, da Administração Pública, do Metro, da Transtejo, dos TST e da Carris entre outros, estarão em luta, na defesa dos seus vencimentos, dos postos de trabalho e dos serviços públicos conrespondentes, dando assim um precioso contributo para a luta de massas que vai ser  necessário travar, no sentido de  tirar este País do fosso em que se encontra , rompendo de vez com esta política de desastre nacional que  PS,PSD e CDS querem impor ao País.

domingo, 6 de fevereiro de 2011

Hoje pode ser dia de cinema (29)

Hereafter - Outra Vida


Sinopse
George é um trabalhador da construção civil que tem uma ligação especial com a vida para além da morte. Marie (Cécile de France), uma jornalista Francesa, é vítima de uma catástrofe natural que quase a matou, o que alterou totalmente a sua realidade. E Marcus (George McLaren e Frankie McLaren), é uma criança Londrina, que quando perde o seu irmão gémeo, procura desesperadamente obter respostas. Cada um em busca da verdade, os seus caminhos irão cruzar-se, e alterar para sempre aquilo em que eles acreditam existir para além da vida. «sapocinema»

Bom domingo, boas notícias e bons filmes.

sábado, 5 de fevereiro de 2011

Sendo sábado, temos música. (71)

ATÉ QUANDO?




Não adianta olhar pro céu com muita fé e pouca luta
Levanta aí que você tem muito protesto pra fazer e muita greve
Você pode e você deve, pode crer
Não adianta olhar pro chão, virar a cara pra não ver
Se liga aí que te botaram numa cruz e só porque Jesus sofreu
Num quer dizer que você tenha que sofrer

Até quando você vai ficar usando rédea
Rindo da própria tragédia?
Até quando você vai ficar usando rédea
Pobre, rico ou classe média?
Até quando você vai levar cascudo mudo?
Muda, muda essa postura
Até quando você vai ficando mudo?
Muda que o medo é um modo de fazer censura

(Refrão)
Até quando você vai levando porrada, porrada?
Até quando vai ficar sem fazer nada?
Até quando você vai levando porrada, porrada?
Até quando vai ser saco de pancada?

(Repete refrão)

Você tenta ser feliz, não vê que é deprimente
Seu filho sem escola, seu velho tá sem dente
Você tenta ser contente, não vê que é revoltante
Você tá sem emprego e sua filha tá gestante
Você se faz de surdo, não vê que é absurdo
Você que é inocente foi preso em flagrante
É tudo flagrante
É tudo flagrante

(Refrão x2)

A polícia matou o estudante
Falou que era bandido, chamou de traficante
A justiça prendeu o pé-rapado
Soltou o deputado e absolveu os PM's de Vigário

(Refrão x2)

A polícia só existe pra manter você na lei
Lei do silêncio, lei do mais fraco:
Ou aceita ser um saco de pancada ou vai pro saco

A programação existe pra manter você na frente
Na frente da TV, que é pra te entreter
Que pra você não ver que programado é você

Acordo num tenho trabalho, procuro trabalho, quero trabalhar
O cara me pede diploma, num tenho diploma, num pude estudar
E querem que eu seja educado, que eu ande arrumado que eu saiba falar
Aquilo que o mundo me pede não é o que o mundo me dá

Consigo emprego, começo o emprego, me mato de tanto ralar
Acordo bem cedo, não tenho sossego nem tempo pra raciocinar
Não peço arrego mas na hora que chego só fico no mesmo lugar
Brinquedo que o filho me pede num tenho dinheiro pra dar

Escola, esmola
Favela, cadeia
Sem terra, enterra
Sem renda, se renda. Não, não

(Refrão x2)

Muda, que quando a gente muda o mundo muda com a gente
A gente muda o mundo na mudança da mente
E quando a mente muda a gente anda pra frente
E quando a gente manda ninguém manda na gente

Na mudança de atitude não há mal que não se mude nem doença sem cura
Na mudança de postura a gente fica mais seguro
Na mudança do presente a gente molda o futuro

(Refrão)

Bom sábado, boas notícias e boa música.

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Faz hoje 50 anos

«Monumento aos Heróis do 4 de Fevereiro»

O 4 de Fevereiro de 1961 é considerado em Angola como o  início da luta armada pela  independência Nacional .
Na madrugada  desse dia, militantes do Movimento Popular de Libertação de Angola  (MPLA) atacaram as cadeias da PIDE-DGS ( policia política portuguesa) em Luanda, principalmente a Casa da Reclusão e Cadeia de São Paulo para libertar os presos políticos, ali detidos, os quais se dizia  que iriam ser transferidos para a o Forte-Prisão do Tarrafal em Cabo Verde.
Aproveitando o facto de estarem nesta data em Luanda muitos jornalistas estrangeiros que aguardavam a passagem do Paquete Santa Maria  assaltado e desviado uns dias antes, por elementos opositores ao regime de  Salazar, os militantes do MPLA, resolveram  que este dia seria o indicado para desencadear este tipo de acções, dando início assim à luta armada pela independência nacional  em Angola, vindo  mais tarde a verificar-se o mesmo na Guiné e em Moçambique. 
O 4 de Fevereiro de 1961 pode ser ainda considerado como um marco importante da luta africana contra o colonialismo, numa tradição de resistência contra a ocupação que vinha desde os povos de Kassanje, do Ndongo e do Planalto Central.

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Lá como cá

Passo a transcrever na íntegra o artigo de opinião de José Casanova publicado no Jornal Avante  com o título acima referido.
 
As poderosas movimentações de massas que têm feito tremer os regimes ditatoriais da Tunísia e do Egipto – e que podem estender-se com dimensões semelhantes a outros países do Norte de África – constituem o dado mais relevante da actualidade internacional.

Confirmando que – sejam quais forem as condições, mesmo em absoluta ausência de liberdade – a luta é possível, as massas em movimento conseguiram, para já, na Tunísia, a fuga do ditador Ben Ali – que durante 23 anos, ao serviço dos interesses dos EUA, da França, da Itália, de Israel, oprimiu e reprimiu brutalmente o seu povo; e no Egipto não desarmam na luta para pôr termo a 30 anos da cruel ditadura de Mubarak, ao serviço desses mesmo interesses – luta que com as gigantescas manifestações da passada terça-feira assumiu expressão relevante.

O imperialismo está assustado e desenvolve todos os esforços visando superar a situação mantendo o domínio sobre aqueles países.

O governo dos EUA e os seus lacaios na Europa, começando por reafirmar o apoio aos ditadores, passaram depois, à medida que as movimentações de massas cresciam, a ensaiar «soluções» que lhes garantam as mudanças necessárias para que tudo fique na mesma, preparando, com cuidados cirúrgicos, as moscas que protagonizem a chamada «transição»...

Para o governo dos EUA, é necessário que, no Egipto, se proceda a uma «transição democrática e pacífica».

Para a União Europeia – sucursal do imperialismo norte-americano na Europa – é necessário que, no Egipto, se proceda a uma «transição pacífica e ordeira».

Para Blair – na sua qualidade de não sei o quê, mas coisa boa não é, para o Médio Oriente – é necessário que, no Egipto, se proceda a uma «transição com ordem e estabilidade».
Em resumo: andam todos ao mesmo. E é óbvio que as três «transições» expostas são uma só, e configuram um plano com um objectivo claro e inequívoco: se for possível, manter o ditador Mubarak no poder; se não for possível, substituí-lo por um gémeo de fachada democrática...

E só a luta das massas pode furar-lhes esse plano. Assim ela se mantenha com a dimensão e a força actuais.

Porque, lá como cá é a luta que decide.

Capas de jornais (10)


















Ao que se anuncia, ainda há uma parte desta história que ficou por contar...

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Operação Dulcineia, sabe o que foi ?


Fez agora meio século. A 22 de Janeiro de 1961, um grupo de antifascistas portugueses e espanhóis infiltrados entre os passageiros assaltou e tomou o paquete «Santa Maria» que navegava no Mar das Antilhas, próximo de Santa Lúcia.
Entrevista do escritor Miguel Urbano Rodrigues, ao «Alentejo Popular»  sobre este acontecimento, sendo  ele, um dos que participou nessa aventura.

Respeito e consideração


Parece-me uma boa noticia o facto da Ministra da Cultura ter pedido ao Parlamento para ser ouvida em comissão parlamentar, a fim de informar aquele Órgão de Soberania sobre as razões que a levaram a fazer a fusão  das administrações dos teatros nacionais de S. João e D. Maria II.
Julgo ser Gabriela Canavilhas o primeiro membro de um Governo a pedir para ser ouvido no Parlamento. 
O que significa - no meu entender - que pelo menos desta vez, no Ministério da Cultura, houve consideração pelos eleitos, em representação  do povo.
Aguardamos com expectativa o que a Sra. Ministra irá dizer.

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Os negócios com o Estado

Os negócios  que alguns  fazem com o Estado, são sempre o prejuízo para muitos.
Os  chicos-espertos e boys do ps, são os  que mais vezes vemos retratados na comunicação social, nunca pelas melhores razões.